Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

 

Este livro contém dez histórias e a minha preferida é a história principal: «Trisavó de Pistola à Cinta». Neste conto ficamos a saber que houve uma mulher – a trisavó de Benedita (a narradora) que um dia se meteu numa guerra para expulsar os franceses, no tempo das invasões napoleónicas, com pistolas na cintura. A família ficou tão orgulhosa que o nome da Trisavó Benedita foi passando de filha para filha. Nesta família havia um tio muito desconfiado, chamado Gonçalo, que resolveu investigar a vida da dita trisavó e, após muitos dias de investigação, chegou à conclusão de que não fora ela que andara na tal guerra e que tudo não passara de um grande mal entendido. Contou ao irmão, mas ambos decidiram não contar a ninguém, até porque as "Beneditas" iriam ficar muito tristes por este grande mal-entendido que foi passando de geração em geração!

Gostei de todas as histórias, mas especialmente desta. Não percam!

 

Marta Sofia Andrade, 8ºA



publicado por Bibliotecas de Penedono às 09:30
O blogue das Bibliotecas de Penedono
links
 
blogs SAPO