Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

 

Ontem, os alunos do 4º ano das escolas de primeiro ciclo do nosso agrupamento vieram à Biblioteca Escolar.

Embora já a conhecessem, a equipa da BE organizou uma "visita guiada" para integrar os alunos nos espaços e nas valências da biblioteca, uma vez que daqui a pouco mais de dois meses esta vai ser a biblioteca com que vão contactar de forma mais próxima.

Em seguida, ouviram a leitura de O Nabo Gigante, de António Mota (enquanto viam as imagens do livro projectadas), e participaram numa pequena dramatização feita com base no livro.

 

 

 

Por fim, desenvolveram livremente as actividades que quiseram (leram revistas, pesquisaram nos computadores, etc).

Na despedida, leram eles este poema que lhes oferecemos:

 

 

AS ÁRVORES E OS LIVROS

 

As árvores como os livros têm folhas,

e margens lisas ou recortadas,

e capas (isto é copas) e capítulos

de flores e letras de oiro nas lombadas

 

E são histórias de reis, histórias de fadas,

as mais fantásticas aventuras

que se podem ler nas suas páginas,

no pecíolo, no limbo, nas nervuras.

 

As florestas são imensas bibliotecas,

e até há florestas especializadas,

com faias, bétulas e um letreiro

a dizer: «Floresta das zonas temperadas».

 

É evidente que não podes plantar,

no teu quarto, plátanos ou azinheiras.

Para começar a construir uma biblioteca,

basta um vaso de sardinheiras.

 

Jorge Sousa Braga

Ficamos à espera de ver crescer as suas florestas de livros!

 

Imagem colhida aqui.

 

BE

 



publicado por Bibliotecas de Penedono às 15:42
O blogue das Bibliotecas de Penedono
links
 
blogs SAPO