Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Sara é uma rapariga que está prestes a fazer 18 anos e em vez de se preocupar com as coisas "normais" de uma jovem, que é ir às compras, ela só se preocupa com os outros e leva a vida religiosa muito a sério. Não liga ao que os outros pensam e dizem, que é o que muita gente devia fazer. Sara só tenta ser feliz da maneira que ela acha que pode consegui-lo.

Eu aconselho a leitura desta obra porque é muito interessante e pode ajudar-nos a perceber que o importante é tentarmos ser felizes e fazermos aquilo que mais desejamos, mesmo que os outros não aceitem a nossa opção ou nos gozem.

Eu adorei este livro e o excerto que mais gostei foi: «Quero que saibas, porém, que a minha entrada no convento (terei essa sorte?) não implica a tua saída do meu coração, onde sempre estará escrito o teu nome em letras grandes.»

 

 

Emili Augusto, 8ºB

 



publicado por Bibliotecas de Penedono às 09:00
O blogue das Bibliotecas de Penedono
links
 
blogs SAPO